Salmo 81 Explica Tudo (Quase)!

Pouco depois de filmarmos o vídeo (clique aqui) explicando o conflito com a Jihad Islâmica de Gaza, fomos bombardeados novamente. Por algum motivo, vários mísseis passaram pelo sistema de defesa Iron Dome (Domo de Ferro) e atingiram alvos civis israelenses.

Isso causou a primeira fatalidade israelense, com mais outras 10 pessoas feridas. Até aquele momento em Israel, havia apenas danos materiais. A situação está mudando rapidamente. Houve ainda mais um bombardeio, com dois mísseis atingindo as colinas da Judeia ao redor de Jerusalém.

O número total de mísseis disparados de Gaza em direção a Israel nesses quatro dias chegou a 900 (novecentos!!!). As negociações para um cessar-fogo foram encerradas. Israel iniciou outra onda de ataques de retaliação.

A situação é muito volátil. Portanto, suas orações são necessárias com urgência neste momento. Entre as suas orações, por favor, ore por sabedoria para que o Gabinete de Segurança israelense tome as decisões corretas sobre a estratégia de resposta.

Como sempre, enviamos nosso amor e gratidão por sua fidelidade.

Asher e Betty
Em nome da equipe Tikkun Global


Salmo 81 Explica Tudo (Quase)!
Asher Intrater

Aqui está uma pequena passagem bíblica, relativamente desconhecida, que fornece respostas para um número surpreendentemente grande de questões teológicas e filosóficas problemáticas:

Eu sou o Senhor, o seu Deus, que o tirei da terra do Egito. Abra a sua boca, e eu o alimentarei. Mas o meu povo não quis ouvir-me; Israel não quis obedecer-me.  Por isso os entreguei ao seu coração obstinado, para seguirem os seus próprios planos. Se o meu povo apenas me ouvisse, se Israel seguisse os meus caminhos,  com rapidez eu subjugaria os seus inimigos e voltaria a minha mão contra os seus adversários! (Salmo 81.14-10)

Olhemos para alguns princípios espirituais:

  • Se não ouvirmos as Suas instruções para receber as bênçãos, teremos de aprender com os resultados de nossos próprios conselhos e decisões.
  • Nossa rejeição à sabedoria de Deus e nossa teimosia em continuar em nossos próprios caminhos têm produzido resultados desastrosos.
  • Se pudéssemos enxergar que nossas atitudes e ações erradas são a causa desses desastres, talvez estivéssemos dispostos a voltar a ter um relacionamento de amor com o nosso Pai celestial.
  • Se apenas nos voltássemos para Deus e O ouvíssemos, tudo mudaria.
  • Devido à graça de Deus, geralmente é necessário um longo período de desobediência para que os resultados terríveis venham sobre nós.
  • Devido à Sua graça, a virada para a vitória e os resultados positivos geralmente acontecem muito rapidamente, em “pouco tempo”.
  • Ele “subjugará” os fatores malignos (inimigos) que estão arruinando nossas vidas, se nos “submetermos” a ele. Nós nos submetemos; ele subjuga.
  • Isso é mais do que apenas uma bênção; é a vitória sobre o mal.
  • Deus quer nos abençoar e Ele tem a capacidade para isso. Mas Ele exige a cooperação de nosso livre-arbítrio com a Sua vontade.
  • Todas as coisas boas que Deus planejou para nós dependem de nossa disposição.
  • Deus tem uma longa e documentada história que mostra sua benevolência e onipotência, conforme demonstrado no êxodo do Egito.
  • Deus deseja nos encher de todo tipo de provisão e prosperidade – qualquer coisa que pedirmos; por isso, Ele diz: “[…] Abra a sua boca, e eu o alimentarei […]”.
  • Então, por que isso não aconteceu? Por que não estamos experimentando toda a bondade e as bênçãos de Deus? A resposta é que não temos ouvido ou obedecido à Sua voz. Nossa falta de atenção e de obediência impedem que as bênçãos de Deus entrem em nossas vidas.
  • Não se trata apenas de nossa “falta” de obediência, mas de rejeitarmos a Deus, Suas instruções ou Seu envolvimento em nossa vida.
  • Não apenas rejeitarmos, mas O rejeitamos obstinadamente.
  • Deus simplesmente continuaria a nos abençoar e persuadir. Mas como recusamos continuamente todas as tentativas que Ele faz de obter acesso ao nosso coração, Ele não tem escolha a não ser nos deixar ir em nossa teimosia, pecaminosidade e egoísmo.
  • Achamos que sabemos mais do que Deus e, por isso, seguimos “nossos próprios conselhos”.
  • A vontade de Deus é de nos abençoar. Nossa vontade humana se rebelou contra Ele e O rejeitou repetidas vezes. É a nossa vontade contra a vontade dEle.

Yeshua exemplificou isso em suas próprias orações: “Venha o teu Reino. Seja feita a tua vontade, tanto na terra como no céu.” (Mt 6.10) e “Não seja a minha vontade, mas a Tua” (Mt 26.39, 42).

Se transformarmos nosso coração obstinado contra Deus em um coração submisso a Ele, tudo o mais mudará ao nosso redor.

Gostou? Compartilhe...

WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook

Uma resposta

  1. Eu só queria agradecer a vocês por entenderem o plano de Deus para a salvação de Israel e nos abençoarem com essa coluna do Revive Israel!
    Esse conteúdo é muito relevante para mim e minha comunidade de fé e nós não teríamos acesso a ele sem a disponibilidade de vocês em obedecerem a Deus.
    Obrigada! Deus vos abençoe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continue lendo

Conteúdo Relacionado

Bendito o que vem! (parte 1)

Asher Intrater Uma das orações mais significativas pela vinda do Messias é: ברוך הבא בשם ה‘ , Baruch Haba b’shem Adonai Bendito o que vem