Leitor Impacto

Siga-nos nas redes sociais

Bendito o que vem! (parte 1)

Asher Intrater

Uma das orações mais significativas pela vinda do Messias é:

ברוך הבא בשם ה‘ , Baruch Haba b’shem Adonai
Bendito o que vem em nome do Senhor.

A frase é encontrada DUAS VEZES no evangelho de Mateus. A primeira é a acolhida alegre das multidões no momento da “entrada triunfal” em Jerusalém. Quando Yeshua entrou na cidade montado em um jumento, o povo estendeu suas vestes no caminho, agitou ramos de palmeira e gritou:

“Hosha’-Na ao Filho de Davi! Bendito O que vem em nome do Senhor!” — Mt 21.9

A segunda vez é dita alguns dias depois, enquanto Yeshua está pregando em Jerusalém, ensinando sobre o fim dos tempos e repreendendo os líderes religiosos por sua hipocrisia:

“Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! Quantas vezes quis eu reunir os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintinhos debaixo das asas, e vós não o quisestes! Eis que a vossa casa vos ficará deserta. Declaro-vos, pois, que, desde agora, já não me vereis, até que venhais a dizer: Bendito o que vem em nome do Senhor!” — Mt 23.37-39

Dupla Entrada Condicional

Assim, temos uma “entrada triunfal” no passado (Mt 21) e uma no futuro (Mt 23). A futura se refere à Segunda Vinda. Será semelhante a primeira, mas muito mais gloriosa e “triunfante”. Yeshua retornará em um cavalo branco e será recebido por uma grande multidão, reunida de todas as nações.

Yeshua disse: “Já não Me vereis, até que…” Isso pode ser visto tanto como negativo quanto positivo, um castigo e uma promessa. Em primeiro lugar, a cidade será destruída. Depois, em algum momento no futuro, ela deverá ser restaurada.

Depois que for restaurada, chegará um momento em que o povo de Jerusalém o receberá com gritos de “Baruch Haba!” Ele não voltará até que isso aconteça. Ele voltará quando isso acontecer. Acontecerá. Isto é tanto uma profecia quanto um pré-requisito.

Por que esses eventos devem acontecer primeiro? — Pela mesma razão que deve haver duas vindas do Messias, uma para sofrer como sacrifício expiatório; outra para governar e reinar como rei.

Depois que Yeshua foi crucificado, a cidade teve que ser destruída. Naquela época a mensagem da salvação começou a ser espalhada pelo mundo. Agora, depois de muitos anos, todas as nações tiveram a oportunidade de receber a salvação. A Ecclesia internacional cresceu, composta por verdadeiros cristãos de todos os grupos étnicos.

Agora é a hora de Israel ser restaurado, de estar pronto para receber o Messias Yeshua novamente. Desta vez não apenas Israel O receberá de volta, mas também o remanescente de pessoas de todas as tribos e línguas.

Na Parte 2, compartilharei sobre o pré-requisito internacional para a vinda de Yeshua.

Gostou? Compartilhe...

WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook
Imprimir

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continue lendo

Conteúdo Relacionado

Vento Forte a Noite Toda

Asher Intrater O Senhor disse a Josué que estaria com ele da mesma forma que estava com Moisés (Josué 1:5). De maneira semelhante, Yeshua disse a

A Presença Interior do Espírito Santo

Asher Intrater Os valores judaico-cristãos incluem padrões morais, fundamentos sociais e uma visão geral do mundo. Eles são essenciais à humanidade e a toda a