Leitor Impacto

Siga-nos nas redes sociais

O Espírito Santo na Família

Por:  Andrew Murray

“Para vós outros é a promessa, para vossos filhos…” (At 2.39).

Frequentemente, no Antigo Testamento, encontramos expressões em que pais e filhos eram ligados como parceiros nas alianças e bênçãos de Deus: “tu e a tua casa”; “tu e tua descendência”; “eu e a minha casa”; “vós e vossos filhos”. Expressões como essas revelam o maravilhoso vínculo que torna a família uma só unidade aos olhos de Deus.

E louvado seja Deus! A mesma expressão é encontrada no Novo Testamento também: “vós e vossos filhos”. Em nenhum outro lugar poderia ter significado maior do que no texto acima. No dia de Pentecostes, a Igreja de Cristo, que acabara de nascer por meio da ressurreição de Jesus dentre os mortos, recebeu o batismo no Espírito Santo e ouviu esta palavra: “Para vós outros é a promessa E para vossos filhos”. Todas as bênçãos da nova dispensação e do ministério do Espírito foram garantidas para os filhos também.

“Para vós outros é a promessa, para vossos filhos.” A promessa é do Espírito de Jesus glorificado, em toda sua plenitude, no batismo de fogo e de poder. Quando somos batizados no nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, estamos confessando nossa fé na santa Trindade, e no Espírito Santo, não só como um com o Pai e com o Filho, mas como sendo a Terceira Pessoa, trazendo a plena e perfeita revelação da glória divina. Tudo o que fora prometido por Deus na velha aliança, tudo o que foi manifestado e oferecido para nós da graça divina em Jesus, o Espírito Santo veio para implantar e tornar propriedade nossa. Por meio dele, todas as promessas de Deus são cumpridas, toda a graça e a salvação em Cristo passam a ser uma experiência e possessão pessoal. A Palavra de Deus chama nossos filhos de filhos da promessa. É especialmente dessa promessa do Espírito Santo que são herdeiros. E o segredo para educar filhos nos caminhos de Deus é criá-los na fé e na expectativa do cumprimento dessa promessa.

Dependência do Espírito para treinar os filhos

Com fé na promessa, precisamos aprender a considerar o auxílio e a presença do Espírito no treinamento diário dos filhos como absolutamente necessários e indispensáveis. Mas, não é só isso: a atuação do Espírito no nosso lar foi-nos garantido por promessa. Em todas as nossas orações por eles, na vida diária e nos cultos domésticos, precisamos aprender a esperar a operação direta do Espírito Santo e a depender dela. Dessa forma, nós os educaremos em função do cumprimento da promessa de tal forma que a vida deles, ainda mais que a nossa, seja, desde a juventude, vivida no poder do Espírito, santa ao Senhor.

A promessa é para vocês e para os seus filhos. Essa ideia de treinar os filhos todos os dias na dependência da presença do Espírito Santo, com a expectativa de que ele venha para encher a vida deles, parece muito estranha e elevada para algumas pessoas – totalmente impraticável. A razão de pensar assim é simplesmente porque não aprenderam ainda a considerar a habitação do Espírito em nós como essencial para uma vida cristã autêntica. A promessa do Espírito é para você: somente quando os pais reconhecerem que é impossível viver conforme Deus deseja sem o toque do Espírito para guiá-los no dia a dia, é que eles terão capacidade de crer plenamente na promessa em favor de seus filhos. Só assim é que conseguirão tornar-se ministros do Espírito para sua família. Oh, que a Igreja de Cristo compreendesse o lugar e o poder que o Espírito de Deus deve ter em cada cristão e em cada lar cristão!

Influência poderosa

Porque a promessa é para vocês e para os seus filhos. Assim como é na vida natural, também na graça vocês e seus filhos foram intimamente vinculados para o bem ou para o mal. Física, intelectual e moralmente, eles participam da sua vida. Espiritualmente, pode ser assim também. O dom do Espírito e sua operação bondosa para com vocês e para com eles não consistem em dois atos distintos e separados; pelo contrário, é em vocês e por meio de vocês que ele chega também a eles. A vida e a influência diária dos pais é o canal que ele usa para alcançar os filhos com sua vivificação e graça santificadora.

Se você está tranquilo com o pensamento de que já foi salvo, e não está buscando ser realmente cheio do Espírito; se sua vida ainda é mais para carnal do que espiritual; se você tem mais do espírito do mundo do que o Espírito de Deus – não fique surpreso se seus filhos crescerem sem se converterem de verdade. Será apenas um resultado natural e lógico. Você está impedindo a ação do Espírito Santo. Você infunde neles, dia a dia, o espírito do mundo. Pode ser de maneira inconsciente, mas sua influência está, com grande eficácia, direcionando-os à religião humana, em harmonia com o espírito do mundo, ao invés de inspirá-los para a vida de Deus, no poder do Espírito Santo enviado do céu.

A promessa é para vocês, e para seus filhos. Apesar da influência errada dos pais, a bênção pode até alcançar os filhos por meio da fé de outros; entretanto, os pais não têm nenhuma garantia disso, a menos que se entreguem ao Senhor e se tornem o canal para levar a verdadeira vida a eles. Se ainda não fomos despertados por nenhum outro fator, permita Deus que nosso amor de pais pelos filhos nos faça ver que nada menos que o enchimento do Espírito Santo nos capacitará a influenciá-los para Deus.

A poderosa promessa de Deus

A promessa é para vocês e para seus filhos. É muito comum considerar a promessa de Deus como mera palavra ou pensamento – algo que não tem poder até que nós, do nosso lado, façamos aquilo que é necessário para torná-lo eficaz. Não reconhecemos que a Palavra de Deus tem em si mesma uma energia viva e potente, uma semente divina que só precisa ser escondida e preservada no coração para gerar a fé capaz de trazer o maravilhoso cumprimento da promessa.

Quando Deus dá uma promessa, isso significa que ele, em seu infinito poder, se amarrou para cumprir o que disse, e que ele certamente fará isso assim que tomarmos posse dela pela fé. Nesse caso, a promessa significa que o Espírito Santo já é nosso, com toda sua graça capaz de nos vivificar, santificar e alegrar; ele está apenas esperando para vir e se tornar, dentro do nosso lar e da nossa vida diária, tudo o que precisamos para ter uma família santa e vitoriosa.

Não importa o quanto nosso lar está distante do ideal de Deus e o quanto parece ser impossível, com nossas circunstâncias e dificuldades, mudá-lo; se apenas nos refugiarmos na promessa, nos apegando a ela por meio da oração da fé, Deus mesmo se encarregará de cumpri-la.

Uma promessa requer duas coisas: aquele que está recebendo precisa crer e tomar posse dela, e quem está fazendo a promessa precisa cumpri-la e torná-la verdadeira. Que nossa atitude seja de fé simples e confiante em Deus, em favor de nós mesmos e dos nossos filhos, contando com a certeza da promessa: Deus é fiel e certamente a cumprirá.

Corações e lares cheios da presença do Espírito

Caros companheiros, pais e mães! Humilhemo-nos e reconheçamos que nossa vida no lar não tem comprovado a verdade e a glória dessa promessa. Confessemos com vergonha o quanto nossa vida e coração ainda são carnais, cheios do espírito do mundo e não do Espírito de Deus. Abramos o coração para aceitar a promessa de Deus como algo que tem o poder divino de vivificar e de gerar, por si mesma, exatamente o estado de mente que Deus requer para poder cumpri-la. Consideremos a nós mesmos como os ministros do Espírito Santo, escolhidos por Deus para preparar e treinar nossos filhos desde a infância sob a influência dele, e rendamo-nos totalmente à sua ação e direção.

Treinar um filho corretamente significa prepará-lo como templo do Espírito Santo, significa viver, nós mesmos, no poder do Espírito. Que nenhum senso de incapacidade ou fraqueza nos desanime: “para vocês e para seus filhos é a promessa”. Coloquemos nossa vida, como pais, sob a direção do Espírito Santo, pois só podemos ser para nossos filhos o que realmente somos para Deus.

Que o espírito de louvor e ação de graças nos encha incessantemente, por Deus nos ter concedido a maravilhosa graça de tornar a nossa vida no lar a esfera para a ação especial do seu Espírito. Nossa oração constante e nossa expectativa confiante é que, pelo poder do Espírito Santo enviado do Céu, nosso lar aqui seja cada vez mais parecido ao lar no Céu, do qual devemos ser a imagem e para o qual queremos ser a preparação.

Ó Deus três vezes santo! Como podemos louvar-te pela promessa de que o nosso lar será o teu lar, a habitação do teu santo Espírito, e que, no convívio harmonioso de amor entre pais e filhos que nos deste aqui na Terra, o Espírito do teu divino amor será o vínculo a nos ligar uns aos outros? Glória ao teu nome, ó meu Deus, pela promessa do Espírito Santo para nós e para os nossos filhos!

Ó Deus, queremos escancarar as portas do nosso amado lar para ti, e colocá-lo com toda a vida familiar à disposição do Espírito Santo para que ele o governe e dirija. Suplicamos a ti que ele tome posse total. Como pais, queremos apropriar-nos do cumprimento da promessa. Que o amor que temos para nossos filhos, nossos desejos por eles, nossa interação diária com eles e nossa influência sobre eles estejam sob a cobertura e direção contínua do teu Espírito Santo. Que toda a nossa vida, a atmosfera invisível que nos cerca e enche nosso lar seja o sopro do teu Espírito, santidade ao Senhor.

Apropriamos a promessa para os nossos filhos. Desejamos, com fé simples, de criança, contar com ela, como algo já acertado entre o Senhor e nós: o fato de serem herdeiros da promessa do Espírito. Dá-nos graça, ó Pai, cada vez que encontramos neles sinais de maldade que nos entristeçam, tendências e disposições que nos causem temor ou influências à sua volta que sejam perigosas; dá-nos graça, sim, para clamarmos a ti, suplicando pelo cumprimento da promessa, na certeza da fé! Ó nosso Pai, queremos, nós mesmos, guiar nossa vida no lar e treinar cada filho, dia a dia, sob a direção do Espírito Santo. Que a santa reverência, a profunda e tranquila alegria, a atenta vigilância, a morte ao ego e à carne, a vida de fé e confiança em Jesus, que são marcos de sua presença, sejam nossa experiência constante. Amém.

Extraído de The Children for Christ (Os Filhos para Cristo).  

Gostou? Compartilhe...

WhatsApp
Telegram
Twitter
Facebook
Imprimir

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Continue lendo

Conteúdo Relacionado

Vento Forte a Noite Toda

Asher Intrater O Senhor disse a Josué que estaria com ele da mesma forma que estava com Moisés (Josué 1:5). De maneira semelhante, Yeshua disse a

A Presença Interior do Espírito Santo

Asher Intrater Os valores judaico-cristãos incluem padrões morais, fundamentos sociais e uma visão geral do mundo. Eles são essenciais à humanidade e a toda a